01set
2015
0

Girafa Fisher Price – O melhor brinquedo do meu filho!!

Se você acompanha o blog, então com certeza já sabe que sou fã dos brinquedos Fisher Price. A maioria dos brinquedos do Caio eram da Fisher Price e apesar de ele enjoar muitíssimo rápido de quase todos eles, um ou outro realmente valeu a compra e foi um imenso sucesso. 

A girafa com blocos Fisher Price foi um desses sucessos.

Não me recordo de quantos meses o Caio tinha quando ele ganhou a girafa Fisher Price, mas ele já engatinhava, então deduzo que tenha sido lá para os 7 ou 8 meses. É impressionante como os bebês são uns carinhas difíceis de entender, eu apostaria que o Caio iria enjoar da girafa em alguns dias, isto por que ele já tinha um outro brinquedo com características parecidas e não deu a mínima.

Há alguns meses atrás, tínhamos comprado o Bolinhas Mágicas – Fisher Price, e esse brinquedo segue mais ou menos o mesmo raciocínio. A criança coloca a bolinha num bocal, bate em uma manivela, a bolinha desce e sai por um compartimento inferior. Basicamente, é isso que o Bolinhas mágicas faz.

A girafa Fisher Price foi um presente, e digo isso por que como o bolinhas mágicas foi um fiasco, eu jamais gastaria um tostão para comprar um outro brinquedo com características parecidas.

E lá foi o meu filhão acabar com a minha lógica de adulto.

GIRAFA FISHER PRICE COM BLOCOS 1No início, ele fazia de tudo com o brinquedo, menos brincar de encaixar os blocos.  Pegava os blocos, arremessava para longe, engatinhava, pegava-os novamente e arremessava de novo. Ficava nisso de arremessar e ir buscar por um bom tempo. Praticamente, no primeiro mês em que ganhou a girafa fisher price, ele só deu atenção aos blocos e não a girafa.

Depois de um tempo, ele começou a se interessar pela girafa também, mas não no sentido de brincar de encaixar. Começou a enfiar as mãozinhas dentro das aberturas do brinquedo, e percebeu que na base da girafa ficava o botão que acionava as musiquinhas. Resultado, ficava o tempo todo apertando o botão que tocava a musiquinha.  Cada vez que pegava a girafa, ficava apenas apertando os botõezinhos e batucando com ela.

Uma coisa que me deixou admirado, é que os brinquedos Fisher Price aguentam pancada. O Caio pegava a girafa e a usava como se fosse uma espécie de martelo, dando pancadas no chão. Mesmo comigo repreendendo, ele parava por um tempo e voltava a “martelar” com a girafa. Fui vencido pelo Cansaço e decidi deixar ele enjoar de brincar de martelar.

Passada a fase de espancar o brinquedo, ele finalmente começou a brincar de colocar os blocos dentro da girafa, e pela primeira vez o brinquedo estava sendo usado como uma girafa com blocos – Fisher Price, ou seja, ele estava usando o brinquedo do jeito que ele foi projetado para ser usado. Até que enfim.

E lá fomos nós para mais uma fase de repetecos!GIRAFA COM BLOCOS FISHER PRICE

Se antes, ele só ficava pegando os blocos e arremessando, agora, só ficava pegando os blocos e colocando na girafa. Do ponto de vista de um adulto é algo bem trivial, mas para um bebê é algo bastante interessante.

Agora, imagine a minha alegria. Até então o Caio nunca tinha se apegado verdadeiramente a um brinquedo, e lá estava a girafa com blocos tornando-se o brinquedo inseparável!

Assim, definitivamente, a girafa Fisher Price foi o brinquedo que o Caio mais curtiu antes de fazer 1 ano.

 Valeu a pena comprar a girafa Fisher Price?

A resposta é meio obvia né? Com certeza sim.

Além do aspecto educativo, uma das coisas que mais me deixou satisfeito foi o tempo que o Caio ficou apegado ao brinquedo. Acho que entre ele ganhar, brincar e enjoar, foram uns 4 meses. Um verdadeiro recorde até então.

Outro detalhe muito importante…  A girafa com blocos é um brinquedo relativamente barato, dando uma procurada você encontra preços que variam entre R$100,00 e R$ 150,00.

E claro que, caso você seja do Rio de Janeiro, pode simplesmente alugar o brinquedo conosco.

Bom, então é isso.

Até a próxima.

Fundador da empresa Brinquedo Amigo, matemático, viciado em café e apaixonado pela experiência de ser pai.

Sem Comentários

Resposta